Artigo de Luana Albuquerk sobre pronunciamentos judiciais no CPC/15

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

– 01/11/18

Os juízes na aplicação da norma processual deverão agir pautados no seu novo de papel, de acima de tudo, dialogar com as partes no curso do processo, zelando pelos deveres de esclarecimento, prevenção, debate e auxilio com os litigantes.

Este foi o tema de artigo publicado pela advogada Luana Assunção de Araújo Albuquerk no informativo Migalhas.

A íntegra pode ser acessada em:

https://m.migalhas.com.br/depeso/290251/dos-pronunciamentos-judiciais-pautados-nas-normas-fundamentais-do?fbclid=IwAR2Fb-pPQtvP40WNdS4iYXckO7seYa53PBXgR2kWU8A8x-0zNsZlWX3h0Uk